Mini Tou Santa Catarina

Mini Tou Santa Catarina

Resolvi dar uma pausa com “Um pouco da caminhada até aqui”, logo continuo. Vamos de tour….

Sexta feira partimos rumo a nossa querida Santa Catarina, pra tocar no PORK’S em Floripa.

Não conhecíamos o lugar, não tínhamos ideia de como era. Sabíamos que era um lugar mais rock’n roll, e acostumados com esses lugares nesse estilo aqui no Sul já imaginamos uma parada underground extrema, nossas raízes. Mas não, o lugar era muito mais irado do que imaginávamos. Bom gosto, acho que isso resume a coisa toda. Uma estrutura massa, bem cuidado, muito irado. E sem contar o dono do lugar, grande Roberto, com certeza o dono de casa de show mais foda que já conhecemos. Altas ideias, alta parceria, sempre na seriedade, mas um jeito de levar sensacional. Quem dera se todos donos de casas fossem tão cabeça aberta como ele, tão competentes, profissionais, e valorizassem os músicos como merecem.´

O show foi irado. No primeiro momento tensão total. Logo que subimos no palco, fomos preparar as paradas, tudo desligou. Foi muito tenso. Parecia que o mundo tinha acabado e nada ia rolar… meche aqui, meche ali, e finalmente rolou. A energia tava foda, estávamos com gana, depois de 400 km de estrada tudo que queríamos era subir num palco e quebrar tudo, e assim foi. Galera veio junto, pulou, cantou, foi demais.

Após o show partimos pra Guarda do Embaú, onde foi por 3 dias a nossa ‘base’, e NOOOSSA, que lugar, na beira do rio da Guarda, vista maravilhosa, tudo de bom. Queria aproveitar para agradecer a nossas amigas Chiquinha da Cultura e a Telma que fizeram a parceria e nos deram apoio lá em Santa, muito obrigado.

Sábado fizemos um show no Bar do Passarinho. Sempre bom voltar pra aquele paraíso que é a Praia de Cima da Pinheira. beira do mar, solzinho, gente bonita, sonzeira, é demais. Toda galera do bar lá, poxa, sem palavras, só gente finíssima.

E finalizando, domingo tocamos no Guarda Gosto, no centro da Guarda mesmo. Show acústico, mais light, mas foi massa. novamente muito bem recebidos, tinha até um casal que tinha comprado um cd nosso na turnê Open Mind de 2013 quando tocamos na beira da praia da Guarda no Carnaval, irado demais.

Bom, essa parada é um resumo de tudo. Mas basicamente foi isso. Correria, irmandade, risadas, trampo e mais trampo, 2 mergulhos no mar, 4 cordas estouradas num mesmo show, ‘rangaceira’, fome, estrada, novos amigos, fortalecimento da nossa família, muito café e erva…mate, bis, leite condensado com ‘todi’, champanhe, ceva, cachacinha ‘experta’ do bar do passarinho, red bull, cigarro, água e mais água, mais estrada, mais risadas, e cada vez mais perto do nosso destino.

Agora estamos de volta a Porto Alegre. Que venham mais e mais trips, e mais e mais shows, sempre.

Vamo que vamo….

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s