Fim de ano chegando…

Fim de ano chegando...

É, o ano ta terminando rapaziada. Mais um ciclo que se termina, para o início de um novo ciclo, e assim sucessivamente, ‘até que a morte os separe’.

Esse fim de ano foi bom, Digo ‘foi’ pois depois desse último finde passado de trampo, agora só em Janeiro voltamos aos palcos, e felizmente, nossa volta acontecerá na ilustre e paradisíaca Santa Catarina.

Bom, vamos ao último finde de trampo…

Sábado passado, como falei no último post, tocamos no Macondo Circus 10 anos. O que dizer?!!? Um festival sensacional, uma estrutura de primeira, equipe de primeira, tudo de primeira. Foi demais. Estar no meio de artistas ‘fodasticos’ como Mustache e Os Apaches (que, particularmente, foi o melhor show da noite, trampo maravilhoso), também Davi Moraes, Marcelo Fruet e os Cozinheiros, entre outros, é só alegria. Show bom, vibe boa… boas trocas de figurinhas… demais!

E domingo tivemos outra grande oportunidade de participar mais um festival massa. A convite de nossos brothers Rodrigo Dibira e Diego Colvin, galera que trampa no Estúdio Musitek, que já é quase nossa segunda casa, e fazem a movimentação da cena, tivemos a honra de participar do Festival Metrô Rock em Canoas (foto). Uma praça irada, sério, abençoados aqueles que desfrutam daquele lugar, pois é demais. Além disso, uma galera num vibe do caralho, só showzão, sonzeira e atitude.

Essa mobilização de uma galera que luta pela cena, que coloca a cara a tapa, ocupa espaços públicos, e faz acontecer, não tem preço. Nossa, existe algo mais ‘do caralho’ que isso?!?! Quero sempre e sempre voltar e fazer parte desse festival, pois alimenta a alma saber que SIIIIIM, existe cena independente no nosso Rio Grande, e quando falo ‘cena’, não falo de bandas independentes, pois isso sempre vai existir, digo de galera que sai de casa pra curtir o som, que valoriza bandas autorais, coletivos que se juntam pra fazer um festival do caralho, com uma estrutura boa para os músicos, com uma qualidade sonora pra quem vai lá assistir, desfrutar, e compartilhar momentos mágicos como este. Vida longa ao Festival Metrô Rock, Vida longa ao Macondo Circus e a todos festivais que fortalecem a cena, vida longa a cena independente, vida longa a todo mundo que da sua forma luta pra ganhar seu espaço e fortalecer o espaço de seus irmãos. Juntos somos mais fortes, esse deve ser o pensamento.

Nossa, que venham mais e mais festivais… aqui no Sul são poucos que rolam comparado a outros estados, mas to vendo que a coisa ta acontecendo, e é só felicidade.

Vamos que vamo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s